[p/p] - Morgana Black

[p/p] - Morgana Black

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[p/p] - Morgana Black

Mensagem por Morgana Black em Ter Ago 22, 2017 3:16 pm



30 Anos
Irlândesa
Heterossexual
Prisioneiros
Morgs
Alycia Debnam-Carey
Morgana Black

personalidade

Morgana desde de criança foi uma menina muito difícil de ser compreendida e por está razão seus pais, familiares ou amigos decidiram mantes distância da mesma, tem dias que ela está alegre com um sorriso no rosto já outros dias ela não pode ser toca por estar com raiva de mais, mas essa bipolaridade piorou mais ainda depois de alguns anos se tornando sempre agressiva e com raiva em seus olhos e muitas das vezes de segundo em segundo ela muda sua personalidade aparentando ser uma pessoa louca como ela é considerada por seus amigos e parentes que ainda estão vivos, ela possui uma pequena paranoia achando que seus pais ainda estão vivos sendo assim em alguns raros momentos ela os vê.


história

A família dos Black era muito conhecida na Irlanda por serem uma das mais ricas do pais ajudando o mesmo a ficar em pé em tempos de crise, também eram conhecidos por serem um dos melhores cientistas do local já eles produziram várias armas para o exército da cidade o que muitas das vezes não eram usados de forma coerente ao que eles haviam proposto.

Morgana nasceu em meio à guerra dentro de sua pequena cidade sendo está a primeira que seus pais teriam participado ao construírem as armas para o exército, seus pais com o dinheiro a alimentaram e fizeram o melhor quarto que a pequena criança recém-nascida poderia querer e foi assim que ambos decidiram que iriam dedicar seu tempo e sua vida a ela.

Aos 2 anos a garota era tranquila sem nenhuma modificação de humor o que não aguçou muito a curiosidade de seus pais ou amigos, mas uma coisa que ainda os assustava era sua extrema quietude nunca falando com ninguém apenas ficando em seu mundo como se fosse uma pessoa de outro mundo ou algo assim, quando ela fez apenas 4 anos ela ficou pior sem querer falar com seus pais se trancando em seu quarto o que fez seus pais a levarem a um psiquiatra.

Ela depois de algumas consultas começou a melhorar e ao mesmo tempo piorar o que seus pais não sabiam era que ela tinha um alto risco de ser bipolar, ficar agressiva em momentos que nem eles esperassem e as noites era as piores já que ela não para quieta e estava sempre com raiva batendo neles como se eles fossem apenas seus brinquedos e mesmo sendo contida por remédios isso mudou.

Quando ela fez 6 anos tudo ficou pior a sua mudança de comportamento que eram de horas agora são minutos o que fizeram seus pais a interna-la em uma clínica psiquiatra onde ela passou seus 4 anos ali voltando para caso com apenas 10 ano e o que eles achavam que teria melhorado apenas piorou fazendo com que sua mudança de humor fosse em segundos.

Em quanto ela estava no hospital ela ficou louca querendo voltar para casa agredindo os médicos da mesma e sua raiva ajudaram para que sua bipolaridade ficasse cada vez pior, em uma noite Morgana tentou matar seus pais sufocados pelo próprio travesseiro ficando com um sorriso em seu rosto como se tudo aquilo fosse normal, mas eles acabaram sendo salvos por parentes que estavam de passagem.

A sua raiva era tanta que também tentou matar um de seus tios o que não deu muito certos, eles nunca a viram daquele jeito o que fez com que seus medos por ela crescessem e eles nunca mais quisessem vê-la em suas vidas voltando para suas terras no dia seguinte e foi quando ela tentou mais uma vez, porém, desta vez ela não esperou até a noite e foi até a cozinha enquanto todos iam embora.

Ela logo pegara a faca mais afiada logo começando a olhar para sua mãe que estava mais próxima e com um sorriso no rosto mostrou um de seus lados bipolares. -Isso é por me deixaram em uma clínica psiquiátrica. – Dizia ela logo correndo em sua direção, seu pai logo que a viu cansado chamou a polícia rapidamente enquanto Morgana avançava bruscamente em sua mão e rapidamente ele se jogou em sua frente morrendo instantaneamente.

-Aí que pena para salvar a mamãe e daí você morreu. – Dizia ela olhando para seu corpo no chão como se ele ainda estivesse vivo e logo foi para cima dela que tentou se defender com outra faca fazendo com que ela ficasse cega de seu olhos direito e com uma cicatriz, mas assim que tentou correr ela rapidamente lhe deu uma faca e foi quando os policias chegaram e sua bipolaridade havia passado sua lágrima chegou ao rosto de sua mãe que ainda estava viva lhe perdoando por tudo, porém, os policias a acharam perigosa de mais a levando para o Instituto Mortiri onde está há 20 anos até agora.

avatar
Prisioneiro
Prisioneiro
Player :
Prisioneiros

Ala :
Tentativa de homicídio

Idade :
Nenhuma

Frase :
here you have no choise, no peace and no hope

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [p/p] - Morgana Black

Mensagem por Leone Barth S. Mortiri em Qua Ago 23, 2017 11:00 am

Ficha Aprovada!
---

Bom dia, senhorita Black! A sua ficha foi simples, mas conteve o bastante para ser aprovada. Seja bem-vinda.

Não esqueça de postar nos registros.

Qualquer dúvida ou informação, me contate via MP!





[15:22:33] @ Leone Barth S. Mortiri : O chupa-cu existirá
[15:22:43] Caleb Björk-Winchtöski : Chupa cu KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
[15:22:46] Francesca Montecchio : Era você né, Leone?
[15:23:15] @ Leone Barth S. Mortiri : Sempre fui eu
avatar
Diretor
Diretor
Player :
Diretores

Ala :
Tarado pela Alana

Idade :
Nenhuma

Frase :
here you have no choise, no peace and no hope

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum