[FP] HOWARD, Felicity B.

[FP] HOWARD, Felicity B.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] HOWARD, Felicity B.

Mensagem por Felicity B. Howard em Ter Fev 10, 2015 3:46 pm



FELICITY BORN HOWARD

16 YO | ALA 1 | NINFOMANIA | ALEXIS REN (ALEXIS RENÉ)

Foi abusada pelo pai durante dos 9 aos 14 anos. O fato acontecia sempre que a garota ia dormir, uma vez que não possuía irmãos e sua mãe havia saído de casa três dias após o nascimento da menor. Praticamente todas as noites, ambos praticavam o ato incestuoso. Foi com o pai que ela perdeu a virgindade e desenvolveu a ninfomania. Após o primeiro ano, deixou-se levar pelos carinhos dele e ambos transavam em todos os cômodos da casa até a garota desfalecer de cansaço. Em seu aniversário de 14 anos, acabou descobrindo estar grávida de seu progenitor. Logicamente, ele não havia gostado de saber da novidade que a garota havia dado com tamanha alegria. Acabou influenciando Felicity, que perdeu o bebê em seu terceiro mês de gestação.

A rotina da garota acabou saindo dos eixos quando os vizinhos passaram a suspeitar de seu pai, e dos abusos que ambos praticavam. James, sendo acusado de pedofilia, fora obrigado a mudar-se de Paris. Ele acabou optando por sair da cidade francesa com a filha, rumo à casa de seu irmão Audrik, na Alemanha.

Seu pai desapareceu após um mês residindo em Berlim. Como ele nunca foi encontrado, a guarda da morena passou para os tios. Curiosamente, ela notara que havia chamado a atenção do mais velho. Sem perder tempo, acabou indo para a cama com ele após a esposa ir para o trabalho. A diversão, contudo, não durou muito. Felicty acabou sendo expulsa pela mulher de Audrik após ter uma bela surpresa ao voltar para a casa: ambos encontravam-se nus, dormindo abraçados, no quarto que pertencia à esposa.
Não tendo para onde ir e, sem poder reaver os bens que seu pai havia deixado - pois, juridicamente, ainda estavam sob a guarda dos tios - a garota uniu o útil ao agradável. Portando um nome nome, Lilith, acabou prostituindo-se pela capital alemã. Durante esse meio tempo, descobriu o mundo obscuro das drogas. Somente parou com o serviço após ser colocada em um programa que retirava jovens insurgentes das ruas.

Acabou sendo foi mandada para um hospital, Purched, onde aprendera a controlar com mais exatidão sua ninfomania e problemas com drogas. Lá, adotou um novo visual, e sempre respondendo como Lilith. Um dia, soube por terceiros que alguns funcionários mantinham relações com os internos. Com Lilith não fora diferente: a priori, começou com seus companheiros de quarto. Todavia, ela sabia que queria mais. Acabou utilizando de seus atributos físicos para seduzir o diretor, mantendo relações sexuais com o mesmo durante dois anos. Reconheceu que seu maior prazer era desenvolver sua ninfomania em locais onde poderia ser facilmente descoberta. Contudo, foi transferida do hospital quando acabou induzindo um garoto a pular do terceiro andar após ele negar-lhe algumas drogas, que estavam escondidas dentro do casaco. Sendo atestada como incapaz para retornar à vida civil, fora mandada para Mortiri.


LUPA K. DONOVAN


Player :
Nenhuma

Ala :
Nenhuma

Idade :
Nenhuma

Frase :
here you have no choise, no peace and no hope

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum