[RP FECHADA] Hey Stranger.

[RP FECHADA] Hey Stranger.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP FECHADA] Hey Stranger.

Mensagem por Ely Báthory em Sex Set 01, 2017 9:47 pm



Hey stranger.
Laurel Nam e Ely Báthory encontram-se no banheiro incomumente vazio, sendo esta ocasião o primeiro encontro das duas. São cinco da tarde de uma terça-feira, o céu preparando-se para o poente. Ely está sentada no chão, encolhida debaixo da pia e a mente vagando por lugares desconhecidos. Laurel encontra-se no meio de um acesso, masturbando-se em uma das cabines.
avatar
Prisioneiro
Prisioneiro
Player :
Pacientes

Ala :
Esquizofrenia + TAR + TEPT + Homicídio

Idade :
Nenhuma

Frase :
If you ask me, the old Barbie is so much better.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Hey Stranger.

Mensagem por Ely Báthory em Sex Set 01, 2017 10:10 pm


I could have been yellow if i wanted to


Ploc. Ploc. Ploc. Ploc.

Já foram duas mil quatrocentas e trinta e duas batidas das gotas de água contra o chão. Ou talvez ela apenas tenha inventado tal número. Não sabe.

O efeito, entretanto, é muito mais potente do que qualquer soporífero que já tenha tomado, mantendo no rosto pálido uma máscara de apatia já gasta pela utilização contínua. Ely espera. Ploc. Ely sorri para o piso encardido.

Não sabe dizer que horas são. Não sabe dizer como chegou ali. Não sabe dizer nem o que foi que comeu no café da manhã, isto se tiver comido. É vazio aqui. É contínuo como as gotas. Ou talvez seja descontínuo como a água da torneira. Tem gritos. Mas os gritos são contínuos. Os gritos são parte da sinfonia desse lugar. Então sua primeira teoria estava certa. Ely sorri de novo.

Ploc. Ploc. Ploc.

Está encolhida debaixo da pia. Pequena, sua cabeça por pouco não toca a parte inferior da estrutura acima. O uniforme está molhado onde suas nádegas repousam, mas ela não parece se importar com coisa alguma. Não existe nada além das gotas. Nada. Ignora-se os gritos, a sinfonia. Ignora-se os ofegos e gemidos que ecoam dentro do local, advindos de uma das cabines. Ignora-se tudo.

É assim que tem sido desde que fora colocada nesse lugar. Seu mundo passara a resumir-se a borrões em tons escuros, barulhos metálicos estranhos e gritos. Ely não está zangada. Não está triste. Ely não sente nada. Ploc. Ploc. Ploc. Bate a ponta do sapato na poça de água, chapinhando alegremente. Bate outra vez. Sorri. Ely tem o sorriso muito bonito e pouco maluco. Um sorriso que poderia pertencer a qualquer criança do subúrbio. Ploc.

As esferas prateadas, quase esbranquiçadas dançam pelos detalhes do azulejo. O limo esverdeado é quase bonito. Ely quer tocá-lo. E o faz. Os dedos compridos e magros dançam quase patinando sobre a massa escorregadia. Ely sorri. Ely ri baixinho. Continua patinando com os dedos, e o mundo parece estranhamente em paz.

avatar
Prisioneiro
Prisioneiro
Player :
Pacientes

Ala :
Esquizofrenia + TAR + TEPT + Homicídio

Idade :
Nenhuma

Frase :
If you ask me, the old Barbie is so much better.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Hey Stranger.

Mensagem por Laurel Nam em Sex Set 01, 2017 10:21 pm

A little less. Just relax, darling.

Era estranho como aquela menina doce e tímida podia dar lugar para alguém como Jinnie. As feições de criança ingênua ainda estavam ali, mas a luxúria e o caos preenchiam o olhar da menina sempre que ela não estava sendo ela mesma. Sempre que ela era apenas um corpo que abrigava a alma do demônio que Jinnie era.

Jinnie se encontrava com a mão dentro da calça de flanela, por baixo da peça íntima. Os dedos realizavam os estímulos que a faziam arfar e gemer, os lábios se encontravam comprimidos em uma fina linha enquanto em uma tentativa vã de tornar os sons inaudíveis.

Mordeu o lábio com força, sentindo o corpo se contrair, ajeitando os pés de modo a se manter escondida ali dentro. Puxou a mão para fora ao que ouviu um ruido estranho do lado de fora da cabine, limpou os dedos na barra da calça, passando-os pelo cabelo rapidamente em uma tentativa de ajeitar os fios que haviam se bagunçado durante o ato.

O que faz aí? — um sorriso absurdamente grande surgiu nos lábios da morena, que olhava a menina loura com curiosidade latente. Se ajoelhou no chão, logo apoiando as mãos, ficando de quatro para engatinhar até estar bem próxima da menina. — Como se chama?

Olhou-a de cima a baixo, tirando o cabelo da jovem do rosto, mordendo o inferior com malícia. — Me chamo Jinnie. — estendeu a mão para a mesma, se sentando no chão, aproximando o rosto do cabelo alheio. — Você cheira bem...

@



Angel on fire
I DON'T WANNA WAKE UP THE DEVIL IN ME.

Laurel Nam ESTÁ
avatar
Prisioneiro
Prisioneiro
Player :
Prisioneiros

Ala :
TDI, Ninfomania e Agressão

Idade :
Nenhuma

Frase :
I'm the violence in the pouring rain.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Hey Stranger.

Mensagem por Ely Báthory em Sex Set 01, 2017 10:54 pm


I could have been yellow if i wanted to


Ely gosta daquele lugar.

O encontrara em seus primeiros dias, vagando durante o horário em que lhe era permitido fazê-lo. Arrastando os sapatos, adentrou por aquela porta utilizada por muitos. Parou. Olhou ao redor. Decidiu sem pestanejar que aquele espaço bolorento debaixo da pia seria seu segundo lugar favorito.

O primeiro era lá fora. Em um lugar onde pequenas flores cresciam. Ely adorava observá-las. Talvez ainda tivesse alguma fada lá. Talvez alguma delas tivesse sido deixada pelas outras. Talvez fosse louca como a garota era. O pensamento arranca um sorriso doce de seus lábios.

Sua linha de raciocínio é bruscamente afastada do que era aquele barulho melodioso por cima das gotas, cuja constância lhe causava inveja.

Com certa dificuldade, por fim, consegue erguer a atenção para a massa falante, parada exatamente na sua frente, e muito mais perto do que qualquer outro louco já havia estado. Apenas os médicos a tocavam. Apenas os médicos falavam com ela. Os olhos de oceano dançavam indiferentes pelo rosto alheio. Ela ainda dizia alguma coisa. Qualquer coisa.

Ely quer dizer para que se aquiete. Para que não se interponha entre a cadência hídrica suave, infelizmente tornando-se cada vez mais vazia à medida que toma mais consciência de quem quer que fosse. Não se importa que fique perto de si. Mas gostaria que essa criatura ficasse quieta.

Ely não diz nada disso, entretanto. Limita-se a encarar, tão apática quanto antes. Talvez mais apática. Por fim, murmura “Ely” quietamente. Por fim, devolve o sorriso, certa de que não deveria fazê-lo.

Estava sorrindo para um felino.

- Você tem cheiro de rosa. Rosa negra. – entrega a própria mão para ela. – Estava olhando a chuva. – explica. – Até a Rosa aparecer. - a encara por um momento parecendo inesperadamente lúcida. O topor retorna às suas feições logo em seguida. - O que deseja?

avatar
Prisioneiro
Prisioneiro
Player :
Pacientes

Ala :
Esquizofrenia + TAR + TEPT + Homicídio

Idade :
Nenhuma

Frase :
If you ask me, the old Barbie is so much better.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Hey Stranger.

Mensagem por Laurel Nam em Sex Set 01, 2017 11:12 pm

A little less. Just relax, darling.

Os olhos de Laurel se voltaram para os arredores, o sorriso predador crescendo nos lábios delicados e pequenos.

A garota era dócil como um felino pequeno, Jinnie poderia apostar que o gemido da menina seria manhoso e...

Rosa negra? ㅡ a linha de reciocinio pervertida fora cortada pelo súbito comentário da menina. ㅡ Até você mal me conhece já me diz que sou uma rosa negra... ㅡ uma risada melodiosa, carregada de acidez, soou por entre os lábios rosados levemente carnudos. ㅡ Eu desejo muitas coisas, para falar a verdade, Ely... ㅡ o nome da mesma foi sussurrado de forma provocativa próximo à audição alheia. ㅡ Não tenha medo... logo você pode ouvir a chuva de novo... embora a chuva de verdade só possa ocorrer lá no pátio. Quando chove nesse lugar, aqui dentro fica bem mais deprimente.

Só então notou estar segurando a mão da menina pálida de ores azulados e bonitos. ㅡ Seus olhos parecem gelo, mas você parece ter coração. Então me diga... o que você tem? Por que te mandaram para cá?

A voz diminuiu gradativamente durante a fala, causando em Laurel um arrepio estranho. Podia sentir o calor em sua partes, mordendo o lábio com força para conter o impulso de voltar a se tocar. Com sorte, se fosse paciente, Ely a acompanharia.
@



Angel on fire
I DON'T WANNA WAKE UP THE DEVIL IN ME.

Laurel Nam ESTÁ
avatar
Prisioneiro
Prisioneiro
Player :
Prisioneiros

Ala :
TDI, Ninfomania e Agressão

Idade :
Nenhuma

Frase :
I'm the violence in the pouring rain.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Hey Stranger.

Mensagem por Ely Báthory em Sab Set 02, 2017 12:08 am


I could have been yellow if i wanted to


- Posso ser louca, mas sei observar as pessoas. – responde.

Jinnie continua falando. Ely gostaria que ela parasse. A presença alheia, de alguma forma altera a atmosfera. A criança consegue ver os resquícios de luz se dissipando dolorosamente, expurgados por qualquer coisa presente na outra, coisa essa cheia de vontades viçosas. Elas escorregam por sua pele com cuidado, em direção a Ely. A coisa está até mesmo na voz tão próxima ao próprio rosto.

Como se subitamente atingida por uma descarga elétrica, a húngara retém todo o seu corpo como se este desejasse fundir-se à parede. Retira a mão em um gesto fluido, tão rápido quanto a respiração quente que lhe escapa pelos lábios e umedece-os cuidadosamente.

- Tenho problemas com letras demais ditas rápidas demais para que eu possa ter tempo de memorizar. – dá os ombros minimamente. – Mas sei que vejo e ouço coisas que presumo não serem vistas e ouvidas pelos outros. Do contrário essa conversa não existiria agora. Ou talvez ela fosse fruto da sua imaginação. Isto se pudesse imaginar que encontraria alguém como eu para ter tal diálogo.
- a ideia lhe parece divertida.

Umedece os lábios de novo, vendo A Rosa estremece dentro de sua própria natureza, acometida por suas vontades misteriosas. Ely não questiona. E não realmente se importa para fazê-lo. – Vingança. – explica. – Eles mandaram minha família para muito longe de mim, e eu peguei a deles. – sorri tristemente. Ely sorri daquele jeito são.

- Está se molhando. – murmura sem importância, após uma pequena pausa na qual ambas parecem estudar a própria mente.

avatar
Prisioneiro
Prisioneiro
Player :
Pacientes

Ala :
Esquizofrenia + TAR + TEPT + Homicídio

Idade :
Nenhuma

Frase :
If you ask me, the old Barbie is so much better.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Hey Stranger.

Mensagem por Laurel Nam em Dom Set 03, 2017 1:58 pm

A little less. Just relax, darling.

Você está com medo de mim.  ㅡ disse de modo conclusivo ao vê-la puxar a mão e se encolher.

Suspirou de forma pesada, passando as mãos pelas pernas antes de estender a destra e afagar a cabeça da menina, embora os olhos castanhos fossem luxuriosos, a voz era suave e arrastada.

Não vou machucar você. Só se você me der motivo para isso.  ㅡ era verdade. Jinnie era agressiva, mas sempre tinha um motivo.

Como quando os tutores transavam com ela e depois ameaçavam contar para os pais. Ou quando eles a deixavam ainda mais excitada e depois simplesmente recuavam por princípios morais que, ela sabia, eles não tinham.

Ficou quieta, tentando lutar contra o desejo carnal, enquanto ouvia todo o relato da garota. Seu interesse e curiosidade na menina pálida de cabelos brancos estavam mais aparentes do que deveriam. O afago na cabeça da jovem se repetiu e Laurel - que ainda era Jinnie - recuou, dando espaço para a mesma. Tentando, de algum modo, transmitir segurança.

Ela não era boa nisso, porque ela era má. E não que ela visse problema em ser ela mesma, mas as pessoas deviam ver já que ela estava trancada ali.

Molhando?  ㅡ olhou para baixo, notando que a calça de flanela estava completamente úmida. Um suspiro baixo e cansado, como quem dizia não ter problema, passou pelos lábios finos e rosados.  ㅡ Não tem problema... mas... que tipo de vingança? Você os...?

A pergunta ficou no ar, ela tinha de admitir. A vontade de ouvir a história da outra estava superando o desejo de encontrar alguém para transar e satisfazer suas vontades.  Aquele pensamento a fez se questionar se sua psiquiatra tinha razão ao dizer que ela tinha um problema com sexo. Mas era bom. Ela não conseguia ficar sem mais do que algumas horas, já que gostava daquela sensação e, afinal de contas, o que poderia fazer.
@



Angel on fire
I DON'T WANNA WAKE UP THE DEVIL IN ME.

Laurel Nam ESTÁ
avatar
Prisioneiro
Prisioneiro
Player :
Prisioneiros

Ala :
TDI, Ninfomania e Agressão

Idade :
Nenhuma

Frase :
I'm the violence in the pouring rain.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Hey Stranger.

Mensagem por Ely Báthory em Qua Set 06, 2017 11:18 am


I could have been yellow if i wanted to


- Medo é para quem tem algo a perder. – dirige ambas mãos aos ouvidos, como se tentando bloquear um som muito alto. - E o que eu tenho está longe demais de suas mãos ou de sua maldade, Rosa.

Das mãos de qualquer um. Das mãos dela mesma.

Já tivera de contar aquela história vinte e sete vezes. Ou talvez ela só tivesse inventado aquele número. Mas eram vezes demais. Qualquer vez era demais. Qualquer vez trazia aquela familiar dor na barriga. E mesmo que a contasse um milhão de vezes, não a tornava menos distante. Ou menos real.

- Peguei suas crianças. – explica, o olhar desprovido de emoção. – E as entreguei ao Senhor como resposta ao que fizeram a mim. – coloca o polegar canhoto entre os dentes, mordendo-o. – Fiz o que era preciso. E elas já tinham que ir, de qualquer forma. – acrescenta em um sussurro úmido, engasgado.

A curiosidade alheia ricocheteia contra sua pele, deixando uma sensação dormente nos pontos em que toca. Ely rearranja as pernas como uma criança faria ao sentar, desejando que tivesse encontrado a outra em uma outra ocasião. Quando sua cabeça não estivesse se movendo tão lenta quando um astronauta. É difícil pensar em palavras. É difícil pensar em palavras e ter de lidar com uma presença tão intensa. É difícil pensar em palavras, ter de lidar com uma presença tão intensa e ignorar a sinfonia magnética dos pingos de água a algum ponto atrás da garota.

Ely suspira. Ely fecha os olhos e respira com cuidado.

- Levaram meu irmão de mim um dia. Então eu fiquei sozinha. – mordisca o polegar com mais força. – Eu o tinha, apenas. Pai e mãe mortos. Logo quando ele foi, eu já sabia o que deveria ser feito. – exalou, encostando-se na parede. Já chega. Ely não quer mais falar disso.  - E o que lhe traz aqui, Rosa?


avatar
Prisioneiro
Prisioneiro
Player :
Pacientes

Ala :
Esquizofrenia + TAR + TEPT + Homicídio

Idade :
Nenhuma

Frase :
If you ask me, the old Barbie is so much better.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] Hey Stranger.

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado ESTÁ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum